fbpx

Como comprar imóveis na Itália

Publicado por Rafael de Barros Marinho em

man sitting on bridge railings
Photo by Tommy Milanese on Pexels.com

Saiba como comprar imóveis na Itália. Dicas, Curiosidades, valores, etc.

Se você está pensando em comprar uma casa na Itália, você precisa ler este artigo! Aqui, explicaremos como enfrentar os trâmites burocráticos e se realmente vale a pena comprar casa na Itália. Explicaremos também como escolher uma casa e se é possível obter financiamento de imóveis na Itália. Buona lettura!

Se você está em busca da cidadania italiana é provável que em algum momento você pense em mudar para a Itália e adquirir um imóvel lá para residir.

Quais os tipos de imóveis

Uma coisa interessante é a classificação das casas na Itália. No Brasil, as casas e apartamentos normalmente são descritos assim: “sala, cozinha, x banheiro(s), x quarto(s)” etc.


Na Itália, por outro lado, as casas são definidas com o número de quartos ou sala de estar. Por exemplo, se uma casa ou apartamento tem 2 quartos, sala, cozinha e banheiro, será uma casa trilocale, porque tem três (dois quartos e uma sala) cômodos (locali).
A classificação vai de monolocale – correspondente a nossa kitnet – até
quadrilocale.

Um dado curioso: não existem nomes para imóveis com mais de quatro cômodos! Você fala “un appartamento con cinque locali”!

spacious living room and kitchen in apartment
Photo by Max Vakhtbovych on Pexels.com

Documentos necessários para comprar casa na Itália

Para poder comprar uma casa na Itália, você vai precisar apresentar alguns documentos, dependendo da sua situação legal no país.
Se você possui a cidadania italiana e já mora no país, é imprescindível apresentar:

  • Passaporte italiano ou carta de identidade italiana,
  • Codice fiscale (o CPF italiano)
  • Declaração de renda italiana.
pensive woman in chair talking on smartphone in room
Photo by Liza Summer on Pexels.com

A boa notícia é que os cidadãos italianos com residência no exterior – por exemplo, brasileiros com dupla cidadania que tenham como residência um país diferente da Itália – podem adquirir a primeira casa na Itália com uma redução de impostos.

passaporte italiano
Brasileiros com dupla cidadania italiana

O mesmo vale se você possuir uma cidadania portuguesa. Poderá usufruir dos mesmos benefícios fiscais do cidadão italiano. As regras para a compra da casa própria na Itália, inclusive, são as mesmas!

Lembre-se de que a residência no país é um elemento compulsório para se obter acesso ao Médico de família e ao Servizio Sanitario Nazionale (o SUS italiano), por exemplo.


Caso você seja cidadão brasileiro com permesso di soggiorno permanente, ou seja, mora de forma regular e contínua no país há mais de cinco anos e seja membro de um Estado com condição de reciprocidade legal com a Itália, você tem direito de adquirir casa na Itália, uma vez que existe um acordo entre ambos os países. Isso significa que os italianos também têm direito de comprar casa no Brasil.

Como encontrar imóveis a venda e comprar

pexels-photo-248933.jpeg
Photo by Pixabay on Pexels.com

Encontrar imóveis a venda na Itália não é uma tarefa difícil. Pelo contrário, existem várias opções de apartamentos e casas nas principais cidades italianas, com valores que cabem nos mais diversos orçamentos.
Se você já estiver na Itália a melhor maneira de encontrar imóveis a venda é da maneira tradicional: buscando nos classificados e imobiliárias pela cidade.

Veja também:
De modo geral, seja à distância ou presencialmente, para conseguir comprar casa na Itália você precisará cumprir as seguintes etapas:

  • Acesse os sites de imobiliárias italianas como: como a REMAX e a Gabetti;
  • Escolha o imóvel ideal;
  • Visite os imóveis selecionados (pode solicitar um tour virtual);
  • Faça o pagamento do depósito de 10% do valor do imóvel;
  • Assine o Compromesso;
  • Assine a escritura do imóvel Rogito;
  • Pague os gastos da transação imobiliária e taxas de impostos.

Qual o custo médio das casas na Itália

O preço do metro quadrado muda de região para região. A tendência é que os apartamentos tenham um preço mais salgado no norte do país, enquanto no sul os valores propendem a cair.

cozy sofa and table with chairs in contemporary living room
Photo by Max Vakhtbovych on Pexels.com

Para ajudar, fizemos um levantamento dos custos médios dos apartamentos monolocale de 60m² nas principais cidades italianas. Confira:

Milão

  • Valor de apartamento no centro por m²: 300 mil€ a 630 mil €;
  • Valor de apartamento fora do centro por m²: 141.300€ a 270 mil €.

Roma

  • Valor de apartamento no centro por m²: 240 mil € a 600 mil €;
  • Valor de apartamento fora do centro por m²: 120 mil € a 300 mil €.

Turim

  • Valor de apartamento no centro por m²: 180 mil € a 270 mil €;
  • Valor de apartamento fora do centro por m²: 66 mil € a 180 mil €.

Verona

  • Valor de apartamento no centro por m²: 72 mil € a 180 mil €;
  • Valor de apartamento fora do centro por m²: 60 mil€ a 108 mil €

Impostos

Os preços dos imóveis a venda na Itália ficam mais caros quando são acrescentados os impostos e taxas da compra. No valor final do imóvel, é preciso somar os valores do IVA correspondentes a:

  • Imóvel novo: 10% a 20%;
  • Imóvel construído de maneira independente: 4%;
  • Imóvel usado: 20%.

Além do IVA, ainda é preciso pagar os impostos referentes ao registro do imóvel.

Normalmente, é cobrada uma taxa de 10% para as propriedades urbanas e 17% para as propriedades rurais. As outras despesas que podem incidir sobre esse valor são aquelas relacionadas aos honorários da imobiliária e do registro do contrato.

Comprar imóvel com financiamento

Se você está interessado em comprar um imóvel na Itália e não dispõe do valor integral para a aquisição, é possível utilizar um financiamento para este fim.

Porém, a Itália é um dos países que menos facilita a compra de imóveis com financiamento. Essa dificuldade de comprar casa na Itália não é vivida somente pelos estrangeiros; é muito sentida, similarmente, pelos italianos.

couple carrying cardboard boxes in living room
Photo by Karolina Grabowska on Pexels.com

No caso dos estrangeiros ou cidadãos estrangeiros com a cidadania italiana, muito da resposta negativa da instituição financeira tem a ver com a ausência de uma família, estável há tempos no país.

Isso acontece, segundo os bancos, pelo risco de o cidadão estrangeiro poder voltar, de uma hora para outra, ao seu país de origem, sem terminar, assim, de pagar o empréstimo ou financiamento.

Cidadania italiana ajuda na hora de pedir financiamento?

No caso de um cidadão brasileiro com dupla cidadania italiana ou europeia que já resida no país de modo estável e tenha intenção de adquirir a primeira casa na Itália, para apresentar uma proposta de financiamento de imóvel a um banco, são necessários os seguintes documentos:

  • Passaporte italiano/carta de identidade italiana ou passaporte europeu/carta de identidade europeia;
  • Codice fiscale;
  • Contrato de trabalho;
  • Declaração de imposto de renda italiano.

Saiba mais: Benefícios da Cidadania Italiana

photo of a woman holding shopping bags
Photo by Andrea Piacquadio on Pexels.com

Afinal vale a pena comprar uma casa na Itália?

A resposta para essa pergunta é subjetiva! Se trata de um passo importante e que, mais cedo ou mais tarde, temos que avaliar quais são as nossas prioridades. Certo?

Tudo vai depender da sua intenção. Tente responder a algumas destas perguntas:

  • Você tem intenção de morar na mesma cidade por um longo período?
  • Já mora na Itália e sente que chegou a hora de dar um passo importante, como a compra de uma casa?
  • Está disposto a aplicar esse dinheiro em um imóvel?
  • Passa sempre as férias na Itália, por esse motivo deseja ter um imóvel próprio na Itália?

Se você respondeu “sim” para a pergunta que mais tem a ver com a sua exigência, então, a resposta é: sim! Ou melhor, sì!

Acreditamos que valha a pena, sim, comprar uma casa na Itália!


Rafael de Barros Marinho

Mestre em Ciência da Informação pela UFBA, Bacharel em Biblioteconomia e Documentação pela UFBA, Tecnólogo em Sistemas Para Internet pela Unifacs. Especializado em documentação para processos de reconhecimento de cidadania italiana e portuguesa. Indexador do Family Search [email protected]

0 comentário

Deixe uma resposta

Este site usa cookies para melhorar sua experiência enquanto você navega pelo site.
Abrir chat
1
Fale Conosco. Estamos Online
Olá Brasil!, Ciao Itália! Eu sou a Giulia!
A Consultora Virtual da Barros & Oliveira.
Como posso te ajudar hoje?